O técnico Wanderley Luxemburgo foi demitido do Cruzeiro, após se reunir com a diretoria do clube, na tarde desta sexta-feira. A informação foi dada pelo próprio treinador, em entrevista coletiva, na Toca da Raposa II, quando deixou claro que se dependesse dele continuaria à frente do campeão brasileiro, em seu objetivo de tentar a conquista da Libertadores. "Na minha opinião era possível colocar o trem em cima dos trilhos, mas eles falaram que incompatibilizou e que não dava para continuar", afirmou, referindo-se ao presidente Alvimar de Oliveira Costa e ao seu irmão, o vice-presidente de Futebol, Zezé Perrella.

Sem mais artigos