<br>
O técnico do Palmeiras, Vanderlei Luxemburgo, revelou em entrevista que pretende virar presidente do Flamengo após encerrar a carreira de técnico.

"Não me vejo trabalhando como treinador depois dos 60 anos. A não ser que eu assuma a seleção brasileira e trabalhe até a Copa de 2014, no Brasil. Mas não pretendo abandonar o futebol. Se parar, tenho certeza que morro do coração. Quero continuar no meio, mas fazendo outras atividades. E entre os meus objetivos está concorrer ao cargo de presidente do Flamengo", revelou Luxemburgo ao <i>globoesporte.com</i>.

O treinador garantiu que nunca fez questão de esconder seu amor pelo Flamengo, clube pelo qual é até sócio-proprietário.

"Todo mundo sabe que sou flamenguista. E como sócio-proprietário do clube tenho direito de postular o cargo", exclamou.

Luxemburgo quer ter no Flamengo uma trajetória parecida com o alemão Franz Beckabaeur, que foi jogador, técnico e presidente do Bayern de Munique, seu clube de coração.

<b>LEIA TAMBÉM:</b>
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=25263>Após entrada violenta, Kleber é expulso do treino do Palmeiras por Luxemburgo</a>

Sem mais artigos