O técnico da Seleção Brasileira, Mano Menezes, aproveitou a derrota do Santos para o Barcelona na disputa da decisão do Mundial de Clubes no último domingo para desabafar. De acordo com ele, o confronto deve servir para se fazer uma profunda análise de reflexão sobre os rumos do futebol brasileiro.

“Como técnico da Seleção Brasileira, saio desse jogo com dois sentimentos: um de tristeza e outro de esperança. Tristeza pela superioridade incontestável de uma equipe espanhola contra uma equipe brasileira. Esperançoso porque, excluindo os extremistas, provavelmente a derrota vai nos remeter a uma discussão mais profunda e proveitosa dos verdadeiros problemas do futebol brasileiro”, afirmou.

O comandante da Seleção Brasileira lembrou que os catalães tem uma filosofia de jogo implantada há bastante tempo. Por conta disso, o resultado é a grande atuação da equipe azul-grená nas últimas temporadas.

“Há 35 anos eles decidiram que queriam ser assim, trabalharam incansavelmente nesta direção e o resultado está à mostra para o mundo todo ver. Sua capacidade não se discute. Eles são disparadamente os melhores”, completou.

Mano: "Queda do Santos no Mundial é para refletir"

Sem mais artigos