O técnico argentino Gerardo Martino lamentou o tropeço do Barcelona no último domingo (19), quando o time não conseguiu ir além de um empate com o Levante, em 1 a 1.

“Não merecemos este resultado, mas não tivemos sorte nas finalizações. No primeiro tempo não tivemos profundidade, pelo grande trabalho físico do Levante. No segundo tempo, houve sim mais profundidade”, explicou o comandante, que elegeu o goleiro da equipe de Valência, Keylor Navas, um dos destaques do jogo.

Mesmo com o tropeço, Martino garante que a briga pelo título ainda está aberta.

“Será tudo muito igual. Faltam 18 rodadas para o fim e ainda haverá mais surpresas”, garantiu o técnico do Barcelona.

Sem mais artigos