Maior atleta olímpico da história, com 22 medalhas conquistadas em três edições dos Jogos, o ex-nadador Michael Phelps aproveitou sua estadia no Rio de Janeiro, onde concorrerá nesta segunda-feira ao Prêmio Laureus, para dar aulas de natação a crianças no Complexo Esportivo da Rocinha, no Rio de Janeiro.

Phelps teve a companhia do sul-africano Chade le Clos, que o derrotou na prova dos 200 metros borboleta dos Jogos Olímpicos de Londres, e de Daniel Dias, que obteve seis medalhas nos Jogos Paralímpicos do ano passado. O brasileiro concorre ao Laureus como melhor atleta com deficiência, prêmio que ele já conquistou em 2009.

Os três participaram de um evento de promoção do esporte entre crianças pobres organizado pela Fundação Laureus. O ex-atleta americano entrou na piscina de maiô e deu conselhos a cerca de 30 crianças que sobre como melhorar o desempenho na piscina.

Antes de cair na água, Phelps respondeu uma bateria de perguntas de seus “alunos”. E, no momento da despedida, ele distribuiu toucas de natação da Fundação Michael Phelps e entregou medalhas a todos as crianças.

“Esta é minha segunda vez aqui (no Rio de Janeiro). É uma cidade impressionante, incrível. As pessoas que visitarão a cidade durante a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos poderão experimentar a cidade ainda mais, poderão ver algo que não se vê em outras cidades”, declarou o americano, que na primeira visita ao Brasil, em outubro do ano passado, visitou a Vila Olímpica do Complexo do Alemão.

Sem mais artigos