Com certeza você já escutou a clássica ópera de abertura dos jogos da Liga dos Campeões da Europa e notou que, todas às vezes, o logo da cervejaria Heineken está estampando por toda parte. Pois bem, isso acontece pelo fato da marca ser a principal patrocinadora da UEFA Champions League. A partir de janeiro de 2015, o mesmo irá acontecer nas partidas da MLS (Major League Soccer), que acertou com a empresa para ser a marca e a cerveja oficial da Liga de Futebol dos Estados Unidos.

A entrada da marca de cerveja no futebol norte-americano, que no ano que vem iniciará sua 20ª temporada em grande estilo, fará com que a empresa seja líder mundial em esportes. Campanhas próximas ao público dos Estados Unidos e individuais com os clubes que compõe a MLS já estão sendo trabalhadas pela Heineken. A divulgação delas, contudo, só acontecerá a partir de janeiro de 2015, quando a marca efetivamente trabalhará de forma oficial no país.

Diretor de Marketing da Heineken, Nuno Teles explicou como irá funcionar a parceria com a MLS e o motivo pelo qual o futebol dos Estados Unidos foi o escolhido.

“O futebol tem sido uma plataforma muito valiosa por anos com o nosso posicionamento junto à UEFA Champions League e outros campeonatos de alto nível no mundo. Os torcedores nos Estados Unidos e por todo o planeta terão a oportunidade de apreciar um esporte de primeira classe com a cerveja da melhor qualidade. Com essa parceria, queremos continuar nossa tradição de criar experiências únicas em qualquer lugar e participar do esporte de uma maneira que nunca antes foi feita nos Estados Unidos”, disse.

Com o acordo entre Heineken e MLS firmado, a cervejaria passa a ter direitos exclusivos nos conteúdos da Liga Americana, mais uma mostra de que o crescimento do esporte mais popular do mundo no país já é uma realidade.

Além do acerto com a Heineken, a MLS terá na próxima temporada dois novos times, entre eles o Orlando City, do brasileiro Kaká, novos parceiros de mídia e a presença de mais craques de renome mundial, como o inglês Frank Lampard.

Sem mais artigos