José Mourinho, técnico do Chelsea, não pensa em ceder Thibaut Cortouis ao Barcelona. O goleiro de 21 anos, emprestado ao Atlético de Madrid, é o substituto ideal para quando Petr Cech, de 31, abandonar os gramados. E o Barcelona, procurando um goleiro para o lugar de Victor Valdés, machucado e que já avisou que deixará o clube no fim desta temporada, agora se interessa no jovem belga.

Segundo notícia do jornal espanhol Marca desta sexta-feira (22), Courtois tem contrato até 2016, e já teve oferecido uma extensão de mais três anos, além da promessa de retornar aos Blues para 2014/2015. O atleta gostou da iniciativa do Barça, já que não quer ficar esperando chances em um time que já conta com Cech. O belgoa, porém, já foi frustrado pela direção do Chelsea, que já o avisou que, caso não queira renovar, voltará a Stamford Bridge para esquentar o banco até o final de seu vínculo.

Courtois manteve conversas com o Barcelona no último verão europeu e viu com bons olhos a ida para a Catalunha. Além disso, o presidente Sandro Rosell vê no jogador um bom perfil para o clube, além de já conhecer bem a Liga Espanhola.

Atualmente, o passe do goleiro está avaliado em € 3 milhões, ou R$ 9,3 milhões. Mas, caso a “manobra” de Mourinho dê certo e o contrato se estenda até 2019, é esperado que a transferência fique em € 25 milhões, ou próxima dos R$ 78 milhões.

A alternativa é Marc-André Ter Stegen, outro jovem goleiro que tem se destacado no Borussia Möenchengladbach. Com este, as partes já teriam um acordo apalavrado que daria ao clube alemão € 10 milhões, ou R$ 31 milhões.

Sem mais artigos