O técnico do Real Madrid, José Mourinho, não mudou seu estilo e mais uma vez criticou a arbitragem; dessa vez após a derrota no jogo de ida da Supercopa da Espanha diante do Barcelona (3 a 2), ao afirmar que o auxiliar errou ao não marcar impedimento no primeiro gol dos catalães.

“Não quero ser crítico com decisões importantes em uma partida. Quero tentar não ser assim durante toda a temporada. Sabem do que estou falando e que não quero falar mais disso”, lamentou Mourinho em sua primeira resposta na entrevista coletiva no Camp Nou.

No entanto, pouco antes de terminar a entrevista, o português sugeriu que Pedro estaria em posição de impedimento no primeiro gol catalão.

“Foi um bom jogo, eu gostei no geral, embora só eu tenha que me preocupar. Gostei das duas equipes, mas não gostei do primeiro gol do Barça, porque foi um erro do auxiliar”, cutucou Mourinho em sua última frase.

Antes, o técnico declarou que sua equipe não esteve bem no primeiro tempo. “Não gostei. Às vezes você faz um jogo que não quer fazer. O adversário às vezes tem o mérito de mudar o seu planejamento e o Barcelona teve esse mérito de jogar muito bem, com muita marcação, e não nos deixou sair muitas vezes com perigo”.

Neste sentido, disse que no primeiro tempo o Real se limitou a “controlar o espaço defensivo, jogar defensivamente bem, mas sem nenhum tipo de saída”.

“O primeiro tempo foi ruim para nós. Defendemos demais. Mas, no segundo tempo, fizemos umapartida completamente diferente, mostrando poder ofensivo”, analisou Mourinho, acrescentando que Kaká não foi relacionado por não estar nos seus planos para esta partida. 

Sem mais artigos