O treinador do Santos, Muricy Ramalho, ficou muito irritado com a expulsão do meio-campista Ibson, no duelo contra o Palmeiras, neste domingo, em Presidente Prudente. 

O comandante considerou a entrada do atleta, que havia substituído Elano, aos 25 minutos do 2º tempo, como imprudente.

“Não vi culpa do juiz, o Luiz Flávio apitou normalmente. O atleta não pode mais ficar dando carrinho e foi o que o Ibson fez. Era para expulsão mesmo. Infelizmente, para nós a saída dele mudou tudo, fez o Palmeiras crescer”, destacou Muricy. 

O Santos volta a campo na próxima quinta-feira, contra o Botafogo, em Ribeirão Preto, às 21 horas.

Muricy se irrita com expulsão do meia Ibson

Sem mais artigos