Segundo a Folha de S.Paulo, na coluna Painel F.C. desta quarta-feira, Mustafá Contursi, ex-presidente do Palmeiras, não ecomizou nas ironias ao comentar a gestão de seu desafeto, Luiz Gonzaga Belluzzo, que se encerrou na semana passada.

A “felpuda raposa” palestrina lembrou dos elogios que ele recebeu do diretor de marketing do Corinthians, Luis Paulo Rosenberg e disparou: “não é para menos. O que ele (Belluzzo) fez no clube foi para deixar os corinthianos felizes”, afirmou.

Ciente de que anda em alta pelos lados do Parque Antárctica, Mustafá aproveitou para defender-se da acusação de ter deixado dívidas como herança para a gestão anterior. Para ele, Belluzzo “trocou os pés pelas mãos ao tratar das questões fiscais”, ao reconhecer dívidas de IPTU no valor aproximado de R$ 11 milhões. Estes valores estavam sendo questionados na justiça e o clube poderia ter pago menos.

Outra acusação de Contursi é de que o clube “perdeu” cerca de R$ 8,5 milhões que recebeu de pendências da era Parmalat, ao usar o montante para quitar tais dívidas. Belluzzo não se pronunciou sobre o fato.

Mustafá diz que Belluzzo fez a alegria dos corinthianos

Sem mais artigos