O atacante camaronês Samuel Eto’o, atualmente no Anzhi, disse que o treinador português José Mourinho, com quem trabalhou na Inter de Milão, pode ser fundamental na evolução de um jogador, e apostou no argentino Lionel Messi como vencedor da próxima Bola de Ouro da Fifa.

“Acho que Mourinho é um treinador que é capaz de fazer um jogador medíocre virar uma estrela. Mentalmente, ele é incrível. Um lutador e um vencedor nato e que, além disso, é muito boa pessoa, diferente da imagem que a imprensa às vezes divulga”, disse Eto’o, que deixou a Inter para jogar pelo Anzhi, da Rússia, e se tornar o jogador mais bem pago do mundo.

As declarações foram recolhidas pela imprensa portuguesa em Luanda, antes do jogador participar de um jogo beneficente: “Amigos de Eto’o” contra “Amigos de Akwá”, ex-atacante que disputou a Copa do Mundo de 2006 por Angola.

“Fiquei encantado quando trabalhei com ele (Mourinho). Tecnicamente e taticamente, é um dos melhores treinadores do mundo. Estou muito agradecido pela oportunidade que ele me deu. Sempre o agradecerei muito”, declarou Eto’o.

O camaronês disse ainda que acredita que Messi será eleito pela Fifa o melhor jogador do mundo pelo terceiro ano consecutivo, desbancando concorrentes de peso, como o português Cristiano Ronaldo, o espanhol Xavi Hernández e o brasileiro Neymar.

“Prefiro Messi. Esse é o meu ponto de vista, Messi merece ganhar de novo o troféu, mas há outros jogadores, como Xavi e Cristiano Ronaldo, que também poderão ganhar”, finalizou.

Sem mais artigos