O futebol foi tema de debates nesta terça-feira na cúpula do Mercosul realizada na cidade argentina de San Juan, e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva antecipou até seu palpite sobre qual seleção será campeã do mundo em 2014: a brasileira.

“Infelizmente, nem Dunga nem Maradona tiveram sorte (na Copa do Mundo da África do Sul), e os dois já caíram”, disse Lula, referindo-se às eliminações de Brasil e Argentina.

“Espero que a Argentina não tenha pensado em ganhar a Copa de 2014”, continuou Lula, “porque já vou avisando aos jogadores argentinos que vou estar com 68 anos, e não é possível que aconteça conosco o que houve em 1950”.

Lula reiterou sua confiança no título brasileiro no Mundial que será sediado no país. “Como acredito em Deus, tenho a convicção de que Ele permitiu o fracasso (brasileiro) na África do Sul para sermos campeões em 2014”, declarou.

Ontem, durante a reunião prévia à reunião de presidentes do Mercosul, os líderes do bloco sul-americano também conversaram sobre futebol. Em meio a debates relacionados a comércio e outros temas, o chanceler argentino, Héctor Timerman, pediu aplausos para a seleção uruguaia por sua atuação na África do Sul, onde conquistou o quarto lugar.

Na cúpula do Mercosul, Lula mostra confiança em título brasileiro em 2014

Sem mais artigos