O espanhol Rafael Nadal e a americana Serena Williams foram eleitos nessa quinta-feira (19) os melhores atletas de 2013 na premiação Campeão dos Campeões, dada pelo jornal francês L’Équipe após votação interna na equipe do periódico.

Presente na cerimônia de entrega do prêmio, em Paris, Nadal recebeu o prêmio das mãos do também tenista Richard Gasquet. O espanhol superou uma disputa com o velocista jamaicano Usain Bolt, vencedor em 2012, o jogador de futebol francês Franck Ribéry, o fundista britânico Mohammed Farah, o piloto de Fórmula 1 alemão Sebastian Vettel e o judoca francês Teddy Riner.

Após a entrega, o vencedor lembrou das alegrias que costuma ter em Paris, onde se sagrou octocampeão de Roland Garros, e comemorou o grande ano que teve. Nadal fechou a temporada com dez títulos, dois deles de Grand Slams, e como líder do ranking da ATP.

“Paris é a cidade mais importante da minha carreira, e receber este prêmio aqui é muito importante para mim. Foi um ano muito particular, talvez o mais lindo, cheio de emoções”, declarou Nadal.

Entre as mulheres, a eleita foi a mais nova das irmãs Williams, que já havia sido eleita em 2012, ano em que o prêmio começou a ter uma categoria feminina. A americana encerrou a temporada com 11 títulos, dois deles em Grand Slams.

O Prêmio de Honra ficou com o ex-goleiro francês Fabien Barthez, que atualmente é piloto de corridas. Nos esportes radicais, o vencedor foi seu compatriota François Gabart, vencedor da última Vendée Globe, volta ao mundo individual realizada por ele em 78 dias, 2 horas, 16 minutos e 40 segundos.

Entre os franceses, os eleitos foram o jogador de basquete Tony Parker, principal jogador do país na conquista do Campeonato Europeu, e a tenista Marion Bartoli, campeã de Wimbledon. A categoria Lenda foi vencida pela patinadora sobre gelo alemã Katarina Witt, bicampeã olímpica e quatro vezes campeã mundial.

L’Équipe começou a entrega do prêmio em 1946 ao atleta francês que tivesse realizado a melhor atuação do ano em questão, e desde 1980 incluiu a distinção Campeão dos Campeões para o melhor atleta em nível mundial, seja nascido na França ou não.

Sem mais artigos