Pouco valia o jogo entre Santos e Cruzeiro, mas quando se tem Neymar em campo sempre tem um algo a mais a se esperar. No Independência, na volta do time mineiro para Belo Horizonte, o clube da Vila Belmiro viu a estrela do seu atacante brilhar na vitória por 4 a 0. O jovem fez três gols e deu uma assistência.

O jogo até tinha certo equilíbrio, mas logo aos 11 minutos, o atacante mostrou porque estava em campo. Após passe de Arouca, o atacante mandou para o fundo do gol. Depois do tento, o Santos ficou um pouco mais cauteloso, mas aproveitava as falhas da zaga adversária. Com 36 minutos, André rolou a bola para Neymar fazer seu segundo na partida.

Com a desvantagem no placar e a torcida vaiando alguns jogadores, o Cruzeiro sofreu na etapa final. Logo com oito minutos, Neymar fez uma boa jogada, invadiu a área e cruzou para Felipe Anderson ampliar. Já sendo aplaudido pelos fãs rivais, o atacante coroou sua atuação aos 37 minutos. Após belo chapéu de Miralles, Neymar recebeu livre e fez seu 12º tento no Brasileirão, quatro a menos que o artilheiro Fred.

Esse resultado fez o Santos chegar aos 46 pontos em nono. Enquanto isso, o Cruzeiro permaneceu com 43, dez a mais que o Sport, primeiro clube da faixa de risco.

Porto Alegre

No Olímpico, Grêmio entrou em campo para enfrentar a Ponte Preta com os olhares do São Paulo atento. Apesar de sofrer pressão do time campineiro e até jogar parte da etapa final com um a menos, os comandados de Luxemburgo conseguiram a vitória por 1 a 0, tento de André Lima.

A vitória faz os gremistas chegarem aos 63 pontos, um a menos que o vice-líder Atlético-MG e cinco a frente do São Paulo. A Ponte Preta fica com 43.

Neymar brilha, faz três e Santos bate Cruzeiro; Grêmio vence no sufoco

Sem mais artigos