Se os árbitros brasileiros acham que sofrem, deviam ver o que se passa no futebol peruano. Na última segunda-feira (21), em partida válida pela Copa Peru, jogavam Willy Serrato e La Bocona e o árbitro Milton Herrera validou um gol polêmico e acabou saindo de campo literalmente linchado.

Aos 44 minutos do primeiro tempo, Carlos Enríquez, do Willy Serrato, marcou o primeiro gol do jogo, mas em posição duvidosa. Os jogadores do La Bocona se revoltaram com a não marcação do impedimento e partiram para cima de toda a equipe de arbitragem. O árbitro anotou na súmula que dez jogadores foram expulsos. O caso foi parar na Comissão de Justiça, que irá definir os rumos da partida.

E não é a primeira vez que acontece tal fato lamentável. Pelo mesmo torneio, em setembro, a situação foi ainda pior. Ao menos mais impressionante visualmente. Na partida entre Unión Deportivo Chulucanas e José Chiroque Cielo, o árbitro Edwin Benítez expulsou o jogador Edwin Arica. Mas antes mesmo que pudesse exibir o cartão vermelho, Benítez recebeu dois socos de Arica.

O árbitro foi parar no chão e teve que ser carregado até uma ambulância. Já Arica deixou o campo vaiado pelos torcedores e acompanhado por policiais. A partida terminou em 2 a 1 para o Chulucanas.

Assista o vídeo abaixo:

Sem mais artigos