Contratado pelo Barcelona para o lugar de Victor Valdés, que deixou o clube, o alemão Marc-André ter Stegen foi apresentado oficialmente nesta quinta-feira (22) e evitou comparações com seu antecessor, a quem definiu como um “excelente goleiro”, e afirmou que fará “tudo o que puder” para ter “muito sucesso” na nova casa.

Aos 22 anos, Ter Stegen diz encarar com esperança o “grande desafio” de ser titular do Barça e citou seu compatriota, Oliver Kahn, como uma de suas referências futebolísticas.

“Víctor Valdés é um excelente goleiro que fez muito para este clube. Jogou em um nível muito alto. Eu sou eu e me foco em meu trabalho”, declarou, ao ser perguntado sobre a “pressão” que significa substituir o goleiro das últimas 11 temporadas.

O Barça pagou € 12 milhões ao Borussia Mönchengladbach para contratar o goleiro, que assinou hoje um acordo válido por cinco temporadas, com uma cláusula de rescisão de € 80 milhões, anunciou o vice-presidente esportivo Jordi Mestre.

Em seu primeiro dia como jogador do Barcelona, Ter Stegen pisou no gramado do Camp Nou antes de conceder uma entrevista coletiva na qual também agradeceu a confiança do diretor esportivo Andoni Zubizarreta, principal avalista de sua chegada ao clube.

Apesar de não ter sido convocado pelo técnico Joachim Löw para defender a Alemanha na Copa do Mundo, o goleiro reconheceu que isso pode lhe ajudar a se adaptar com mais facilidade ao novo clube

“É uma pena não ir ao Mundial, mas isso facilita um pouco a mudança, e posso me focar no Barça e viver em Barcelona”, ressaltou.

Sem mais artigos