<br>
De bem com a vida no Milan-ITA, o atacante Alexandre Pato falou nesta quinta-feira sobre o ambiente do clube italiano, os conselhos que recebe de Cafu e apontou Ronaldo como o maior jogador de todos os tempos.

Uma das grandes esperanças do futebol brasileiro, o jogador disse que o lateral Cafu vem ajudando-o em seus primeiros passos na Europa. "Cafu sempre está comigo. A gente conversa, ele me dá conselhos e é um ponto de referência para os brasileiros que chegam ao Milan", afirmou Pato, que está com 19 anos.

Depois, Pato foi questionado pela imprensa italiana sobre quem seria, em sua opinião, o maior jogador de futebol de todos os tempos. Não titubeou na resposta: "Ronaldo", disse. O Fenômeno, aliás, esteve no treinamento do Milan na última quarta-feira.

Quando deixou o Internacional-RS, no ano passado, muito se discutiu sobre o fato se ser cedo para o atacante deixar o Brasil. Pato, porém, diz que não se arrepende. "Eu não tinha muitas perguntas, mas conversei com meu pai e com as pessoas mais próximas da minha família", afirmou.

Segundo ele, um fator pesou muito em sua decisão. "Escolhemos o Milan porque é um grande time, um clube sério, e que dá tudo que eu preciso. Para mim, o Milan é uma família, um lar, onde muitas pessoas me passam tranqüilidade", garantiu.

Agora em alta na seleção brasileira (vem sendo convocado pelo técnico Dunga e está entre os 22 chamados para o amistoso com a Suécia, dia 26), o jogador espera se firmar no cenário mundial. "Tento manter a calma dentro e fora do campo e tento fazer as melhores coisas para mim e para o time, mas ainda tenho muito que melhorar. Trabalho para isso todo dia", encerrou.

<b>LEIA TAMBÉM:</b>
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=24138>Ronaldo pede calma com seu retorno, mas se diz motivado</a>

Sem mais artigos