O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, considerou que a NBA agiu corretamente ao suspender por toda a vida o proprietário de Los Angeles Clippers, Donald Sterling, por comentários racistas.

“O presidente acredita que a NBA fez o correto, entendendo que a NBA é a instituição que toma a decisão neste caso. Tanto como amante do basquete como alguém preocupado com estas questões, da mesma forma que muitos outros, Obama crê que os dirigentes da liga fizeram o correto”, afirmou o porta-voz presidencial, Jay Carney, em sua entrevista coletiva diária, na última quarta-feira (30)

A divulgação da conversa telefônica de Sterling com sua namorada nas quais a criticava por postar fotos com pessoas negras nas redes sociais provocou uma grande polêmica nos EUA. Há alguns dias, em viagem pela Ásia, Obama foi perguntado a respeito e disse se tratar de “declarações racistas incrivelmente ofensivas”.

O comissário da NBA, Adam Silver, anunciou ontem a decisão da associação contra o dirigente, que foi proibido de assistir a partidas e ainda multado em US$ 2,5 milhões. Além disso, ele está sendo forçado a vender a franquia pelo Conselho de Governadores da Liga. 

Sem mais artigos