<br> Os dirigentes do Peru não são nada bobos. Ao verem que a altitude de Bogotá prejudicou o futebol da Seleção Brasileira, os peruanos querem levar o jogo entre Peru e Brasil, pela terceira rodada das Eliminatórias, dia 17 de novembro, para o estádio Garcilaso de la Vega, na cidade de Cuzco, a 3.400 metros acima do nível do mar. A informação veio do presidente da Comissão de Seleções do Peru, Juvenal Silva.

Silva também é presidente do Cienciano, clube que utiliza o estádio, e disse à <i>Agência Andina</i> que pretende "fazer prevalecer a sede alternativa" que o Peru tem inscrito junto à FIFA.

A agência, no entanto, informa que o Peru inscreveu para as Eliminatórias os estádios Monumental, Nacional e Alejandro Villanueva, todos em Lima. Juvenal Silva admite que pretende levar o jogo para a altitude a fim de tirar alguma vantagem.

Apesar de o treinador e os jogadores do Peru não quererem jogar na altitude, Silva diz que a decisão final será tomada em reunião da FIFA com a CONMEBOL nos dia 23 e 24 de outubro.

“Apesar da decisão da Fifa, temos a esperança de levar a seleção brasileira para Cuzco e de conseguir três pontos que nos permitam lutar pela classificação para a Copa, competição da qual não participamos há 25 anos”, diz o dirigente.
Recentemente a FIFA recomendou que nenhum jogo internacional ocorresse acima dos 2 mil e 500 metros de altitude por razões médicas e de saúde.

<b>Veja também:
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=21622>Robinho faz elogios ao futebol de Obina!</a>

Peru quer altitude contra o Brasil

Sem mais artigos