A conta no Twitter que Oscar Pistorius abriu na última segunda-feira (24) para lutar contra “mentiras” que estariam sendo publicadas sobre o processo do assassinato da modelo Reeva Steenkamp superou 25 mil seguidores.

Em uma das primeiras mensagens postadas no perfil, há uma descrição, informando que o objetivo é oferecer “a pura verdade” do que acontecer no julgamento, pela morte da ex-namorada de Pistorius, em 14 de fevereiro de 2013, que começará na próxima segunda-feira.

O próprio velocista confirmou que a conta é oficial, e está vinculada ao seu site. Pelo Twitter, são divulgados comunicados de imprensa, esclarecimentos e links de reportagens com cobertura do caso.

Com a proximidade da audiência, cada vez mais cresce a atenção dos sul-africanos, inclusive foi autorizada nesta semana a autorização da transmissão do julgamento. Um canal fechado do país fará transmissão 24 horas.

Pistorius obteve sua liberdade pagando uma fiança de 80 mil euros. Na última audiência, que aconteceu no dia 19 de agosto, o juiz Desmond Nair manteve a liberdade provisória do atleta.

A alegação do promotor, que faz papel de acusação, tem oito páginas, e contém uma lista de 107 testemunhas que serão chamadas para prestar depoimento durante o julgamento.

A polícia sul-africana garantiu recentemente que já tem “todas as provas necessárias” para o julgamento, que será presidido pela juíza Thokozile Masipa.

Sem mais artigos