O clima ficou quente entre os dois maiores clubes de Minas Gerais. Ou quase quente. Apesar de o clássico entre Atlético-MG e Cruzeiro, válido pelo Campeonato Mineiro, ter ocorrido no último sábado, ainda surgem comentários sobre a partida.

Logo após a vitória do Galo sobre a Raposa por 4 a 3, o presidente do Atlético, Alexandre Kalil, provocou os rivais em seu Twitter com a seguinte mensagem: “Freguês, quando é bom, até sem dinheiro a gente aceita”.

Três dias mais tarde, Zezé Perrella, presidente do Cruzeiro, resolveu responder à provocação durante a apresentação oficial do uniforme de sua equipe para a temporada 2011.

“Ele (Kalil) é ruim de matemática e é um bobo. Basta lembrar que nos últimos 17 clássicos o Cruzeiro venceu 14”, afirmou o presidente em entrevista à ‘Rádio Globo Minas’.

E Perrella não parou por aí. Aproveitando a deixa, o presidente cruzeirense resolveu dar uma cutucada nos rivais e debochou do fato de o Galo nunca ter conquistado a Taça Libertadores da América.

“Cruzeiro e Atlético eu sempre disse que não tem favorito. Eles têm de fazer tudo para ganhar Mineiro, porque Libertadores e Brasileiro não é com eles. Já tem 40 anos que não ganham o Brasileiro e Libertadores nunca chegaram à semifinal”, finalizou Perrella.

O Cruzeiro entra em campo nesta quarta-feira, às 22h, em Sete Lagoas, contra o Estudiantes (ARG), pela primeira rodada da fase de grupos da Libertadores.

Sem mais artigos