<br>
Os planos do chefão da F-1, Bernie Ecclestone, de ter o primeiro GP de Fórmula 1 realizado à noite estão próximos de acontecer.

Nesta terça-feira, o promotor do GP de Cingapura anunciou a contratação da empresa italiana Valerio Maioli para fornecer o sistema de iluminação para a corrida de setembro do ano que vem.

Cerca de 1500 luzes iluminarão o circuito, praticamente quatro vezes mais do que é usado normalmente em um estádio de futebol.

"Cada gerador de luz é capaz de fornecer energia para toda a prova”, garante o dono da empresa italiana, Valerio Maioli.

O sistema a ser usado em Cingapura será testado no início de janeiro.

Sem mais artigos