Mesmo após quase dois anos do envolvimento em um escândalo sexual, o golfista Tiger Woods segue sofrendo com as consequências do ocorrido. Nesta quarta-feira (10), a marca de relógios Tag Heuer anunciou o fim do acordo de patrocínio ao americano.

“Confiamos que Woods eventualmente recuperará a confiança total do público. Seu grande talento e força mental o ajudarão a superar as dificuldades”, disse Jean-Christophe Babin, chefe-executivo da Tag Heuer.

A empresa suíça já havia interrompido a publicidade com Tiger Woods desde dezembro de 2009, quando o escândalo foi revelado.

Com a perda do apoio da Tag Heuer, que segue com parceira da fundação mantida por Woods, já são seis marcas que deixaram de patrocinar o golfista após o escândalo.

Quase dois anos após escândalo, Woods perde mais um patrocinador

Sem mais artigos