A atuação de Paulo César de Oliveira na semifinal entre Palmeiras e Corinthians expôs o racismo ainda existente no Brasil. No Twitter, o árbitro foi vítima de diversas ofensas por ser negro.

Ao procurar o termo “juiz preto” na página do microblog, diversas citações ao árbitro eram feitas, a maioria delas ofendendo o juiz que, de acordo com os torcedores fanáticos, teria errado no jogo por ser “negro”.

Em contrapartida, as ofensas a Paulo César de Oliveira também geraram manifestações de outros usuários do Twitter. Questionando a ausência de racismo no país, esses recomendavam seus seguidores a procurar o termo no microblog para se ver como ainda existe preconceito no país.

A principal revolta dos torcedores do Palmeiras foi com a expulsão de Danilo ainda na primeira etapa. Muitos queriam que o atacante Liédson também fosse excluído da partida, enquanto outros acham que o zagueiro alviverde merecia apenas o amarelo.

Revolta com Paulo César de Oliveira motiva ofensas racistas no Twitter

Sem mais artigos