<br>Com um começo de Paulistão para ser esquecido, com uma derrota para a Portuguesa e um empate com o Palmeiras, o Santos tenta a reabilitação na competição nesta quinta-feira, contra o Juventus.

O volante Rodrigo Souto, recuperado de lesão, enfrentará o Moleque Travesso e diz que a postura do Peixe na partida, tem de ser como se fosse um clássico. “O Juventus tem de ser enfrentado como se fosse um clássico, como se fosse final. Até pela situação que a gente se encontra”, afirma o jogador;

Souto ressalta que os times menores costumam dar trabalho e aprontar para cima dos grandes. Para isso não acontecer, o alvinegro tem que ficar atento, sem perder o foco. “O Paulista é o regional mais difícil. No ano passado, o Bragantino chegou à semifinal”, lembrou.

<b>VEJA TAMBÉM</b>
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=23168>Leão reclama que não tem reforços

Sem mais artigos