A Copa do Mundo do Brasil, sucesso de publico, audiência e gols, também ficou marcada como a mais cara da história dos Mundiais organizados pela Fifa. Esse recorde financeiro, no entanto, já foi superado pela Copa da Rússia, que só acontecerá em 2018. Fato que não vem agradando muitos russos.

Segundo informação da rede britânica BBC, a Copa do Mundo de 2018 teve seu orçamento alterado de US$ 19 bilhões (cerca de R$ 38 bilhões) para US$ 40 bilhões (cerca de R$ 80 bilhões). Lembrando que a Copa do Mundo no Brasil custou R$ 33 bilhões, menos da metade da previsão de gastos da próxima sede.

Os valores citados no orçamento vão desde estruturas temporárias e de mobilidade urbana a construção e reforma dos 12 estádios do Mundial (clique na galeria acima veja os projetos).

Sem mais artigos