O São Paulo visitou a Ponte Preta neste domingo (26) e saiu
com uma boa vitória por 2 a 0 do estádio Moisés Lucarelli. Com boa atuação, o
Tricolor não teve problemas e, mesmo com um homem a menos n o segundo tempo,
não levou sustos.

O time da capital começou bem e, em cobrança de escanteio
aos oito minutos de jogo, o zagueiro Lúcio abriu o placar com uma cabeçada
firme. O gol deu a tranquilidade necessária ao time que vinha de más apresentações
no início de temporada, culminando em desclassificações no Campeonato Paulista
e na Libertadores da América.

A Ponte demonstrava nervosismo, que transcendia ao campo de
jogo, visto que os torcedores alvinegros chegaram a confrontar a polícia
durante a partida. No fim do primeiro tempo, o recém-contratado atacante
Silvinho tentou jogada na área e foi derrubado. Pênalti.

O público chegou a aplaudir a decisão do árbitro Vinicius
Furlan
de forma irônica, em forma de protesto ao time campineiro. O camisa 10
Jadson foi para a cobrança e bateu bem, no canto direito, no alto, sem chances
para Edson Bastos.

Com algumas chances, o segundo tempo da Ponte Preta foi
melhor em volume do que o do Tricolor, mas a falta de precisão de seus
jogadores impossibilitou uma reação, mesmo com a expulsão do zagueiro
são-paulino Edson Silva, em falta desnecessária aos 13 minutos, quando levou o
segundo cartão amarelo.

Osvaldo, voltando de lesão, não fez nem de longe a partida
que o torcedor Tricolor está acostumado, mas mesmo assim o ataque funcionou bem
para o São Paulo, que parecia não querer aumentar o placar. Luis Fabiano
mostrou vontade e criou algumas chances, servindo mais de garçom.

Com um a mais, o técnico Guto Ferreira tirou o volante
Baraka e colocou o atacante Alemão, que já entrou perdendo um gol feito. Dênis
(substituindo Rogério Ceni, machucado), porém, fez defesas seguras e deixou a
defesa são-paulina mais confiante.

Ney Franco repôs a defesa, com a saída de Osvaldo, Silvinho
e Luis Fabiano, para entrar Wellington, Paulo Miranda e Aloísio, para assim o
time se comportar melhor e continuar na vantagem.

O jogo se seguiu, sem lances em que Dênis pudesse se sentir
mais ameaçado, com o São Paulo quase ampliando. Com sua torcida pressionando, a
Macaca foi ineficaz, e estreou em casa com derrota.

Na próxima rodada, o São Paulo recebe o Vasco da Gama, no
Morumbi, quarta-feira (29), mesmo dia que a Ponte viaja para Juiz de Fora, com
o compromisso de enfrentar o Flamengo.

Veja os resultados da 1ª rodada do Campeonato Brasileiro:

Sábado – 25/05

18h30 – Vasco 1 x 0 Portuguesa

18h30 – Vitória 2 x 2 Internacional

21h00 – Corinthians 1 x 1 Botafogo

Domingo – 26/05

16h00 – Santos 0 x 0 Flamengo

16h00 – Grêmio 2 x 0 Náutico

16h00 – Criciúma 3 x 1 Bahia

18h30 – Fluminense x Atlético-PR

18h30 – Cruzeiro x Goiás

18h30 – Coritiba x Atlético-MG

Sem mais artigos