Um dia após a CBF oficializar o título brasileiro do Flamengo em 1987 e transformar o clube carioca no primeiro pentacampeão nacional, a Justiça determinou que o São Paulo devolva em 24 horas a polêmica Taça das Bolinhas à Caixa Econômica Federal. A decisão é originada de uma ação movida pelo próprio Rubro-Negro contra a CBF.

Mesmo com o processo julgado pelo STJD no ano passado, o Fla ganha a autonomia da conquista legítima da Copa União de 1987, que reuniu os clubes mais tradicionais do país.

Sob a alegação de que a CBF não declararia o Fla campeão daquele ano, a Caixa resolveu entregar a taça ao São Paulo. “Meu desejo é que eles tenham a nobreza de devolver a taça para a Caixa Econômica porque uma vez reconhecido o título o primeiro pentacampeão é o Flamengo”, afirmou a presidente rubro-negra Patrícia Amorim nesta segunda-feira.

Já na tarde desta terça, a decisão do juiz estipulou o prazo de 24 horas para que o Tricolor devolva a taça.

Sem mais artigos