Os jogos das 16h deste domingo (14), pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, favoreceram o São Paulo, que ganhou do Figueirense e passou o Vasco, derrotado pelo Santos. Já o Palmeiras acumulou mais uma derrota, desta vez para o Náutico, e vê a segunda divisão cada vez mais de perto. 

Os amigos são-paulinos que foram ao gelado Morumbi apoiar o Tricolor ganharam um presente de Luis Fabiano logo aos 13 minutos. Após cobrança de escanteio, o artilheiro do Brasileirão saltou bem e cabeceou para o gol. Pouco depois, aos 20, Douglas ampliou a vantagem, que foi mantida até o fim do jogo. 

Na Vila Belmiro, o ataque formado por Miralles e Bill não animava os santistas, que estão acostumados com o talentoso Neymar e o oportunista André. Mas o argentino aproveitou a oportunidade entre os titulares e marcou os dois gols do Santos na vitória sobre o Vasco, que caiu para a quinta posição no campeonato. Já o Santos vai a 41 pontos, ainda muito distante da Libertadores.

O Palmeiras escreveu mais um capítulo do drama contra o rebaixamento na temporada. O vilão do dia foi o Naútico, que com o apoio da torcida venceu por 1 a 0, gol de Kieza, e podia ter feito mais. Estacionado nos 26 pontos, os palmeirenses veem a a porta de saída da degola nove pontos a frente. O Náutico aparece com 40. 

No Couto Pereira, o Coritiba subiu de vez na tabela. A vitória por 2 a 1 sobre o Bahia deixa os paranaenses com 38 pontos, 11 a mais do que o Sport, o primeiro no Z4. Já o Bahia continua com 35 e é o primeiro na mira dos prováveis rebaixados.

Com o apoio da torcida no Independência, o Atlético-MG virou o jogo para cima do Sport aos 46 minutos do segundo tempo. Os pernambucanos abriram o placar com Hugo, que foi expulso na etapa final, mas o atacante Leonardo entrou bem e fez os dois gols da virada. O Atlético pula para a vice-liderança com 59, enquanto o Sport é o 17º com 27.

Sem mais artigos