<br> O São Paulo pode perder o mando de jogo para as próximas rodadas do Brasileirão 2007. O Tricolor será julgado pela Terceira Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e poderá perder o mando de até 10 partidas, além de pagar uma multa de 10 mil a 200 mil reais por causa da invasão de campo de um torcedor.

O fato ocorreu no jogo contra o Goiás, no dia 19 de agosto, no Serra Dourada, quando a partida terminou em 0 a 0. Por isso, o clube pode ser enquadrado no Artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordens em sua praça de desporto).

Apesar de não ser mandante, o Tricolor deve ser punido por ter sido um torcedor de seu clube a invadir o gramado. A denúncia causou surpresa à diretoria do São Paulo, que não viu a invasão.

“Não há nenhum registro, ninguém viu, ninguém sabe. Foi uma denúncia do STJD que não esperávamos, na qual a entidade alega que houve invasão de um torcedor do São Paulo no gramado. Eu acho estranho, porque quem estava lá disse que tudo correu muito bem”, conta Carlos Augusto de Barros e Silva, vice-presidente de futebol do Tricolor.

E não pára por aí! O meia Hugo, que cuspiu no rosto de um adversário na partida contra o Paraná no sábado (1), pode ser condenado também. O procurador-geral do STJD, Paulo Schimitt já requisitou a fita do caso.

<b>Leia também:
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=20778>Para Rogério Ceni, vantagem tricolor é ‘alcançável’!</a>

Sem mais artigos