O ex-jogador alemão Lothar Matthäus reiterou sua convicção de que a Alemanha já não precisa mais de Michael Ballack e, por isso, o jogador deveria desistir da seleção ou não ser mais convocado.

“Ballack foi um grande capitão e fez muito pelo futebol alemão. Mas a última Copa do Mundo mostrou que a Alemanha já não precisa de Ballack”, disse Matthäus em entrevista publicada hoje pelo diário “Frankfurter Allgemeine”.

Segundo Matthäus, Ballack deve “reconhecer o sinal dos tempos” e admitir que, com quase 34 anos, sua melhor época já ficou para trás.

O ex-jogador comenta sua própria experiência no futebol e diz que, retrospectivamente, sabe que foi um erro voltar à seleção em 1998 e 2000.

“Foi um erro voltar a tentar. Queria transmitir essa experiência a Michael Ballack, que está prestes a completar 34 anos”, disse Matthäus.

Satisfeito com a nova geração, Lothar Matthäus diz que Alemanha já não precisa mais de Ballack

Sem mais artigos