Nesta sexta-feira(26), Robert Scheidt chegou ao Brasil sem nenhuma lamentação pelo vice-campeonato obtido no Mundial de Cadiz. "O lado positivo do vice-campeonato mundial é que vou disputar a competição de 2004, na Turquia, com muita mais vontade de ser campeão", afirmou ele. "Fiz uma temporada européia muito boa e, com exceção da Semana Olímpica de Hyères, terminei sempre entre os cinco primeiros. Já meus principais adversários nesses campeonatos variaram, o que prova que mantive uma regularidade muito boa", completou.

Sem mais artigos