Após Bernard se consagrar com o primeiro título dele e do
Atlético-MG na Libertadores, o atacante Alecsandro o interrompeu em meio a uma
entrevista, ainda no campo, e o abraçoU, dizendo em alto e bom som: “Vai com
Deus, cara!”. E ele pode mesmo estar indo, pois segundo o site do jornal Daily
Mail
destaca nesta quinta-feira (25), os ingleses enviaram um olheiro para o
jogador e, a partir da avaliação feita pelo mesmo, o técnico Arsène Wenger fará uma proposta.

Liverpool e Tottenham também sonham em contar com o jogador,
que foi campeão da Copa das Confederações no mês passado com a Seleção
Brasileira. Além do trio de clubes ingleses, Porto, Borussia Dortmund e
Shakhtar Donetsk gostariam de trazê-lo, mas após o título continental
conquistado nessa quarta, só o Arsenal poderia cobrir a iminente valorização do
passe do atleta, conforme ressalta a publicação.

O próprio manager dos Gunners havia jogado um balde de água
fria quando o jornal francês L’Équipe cravou que Bernard iria para o Arsenal
assim que terminasse a Libertadores, dizendo que a notícia era falsa.

Mas, agora, o interesse parece ter se reavivado e, para
isso, terão que cobrir o valor que Alexandre Kalil, presidente do Galo, pede
pelo jogador: cerca de R$ 70 milhões. Na semana passado, o Porto fez uma proposta
de R$ 53 milhões, prontamente negada.

Sem mais artigos