<br>Diante das negociações com o atacante Keirrison, revelação do Coritiba, emperradas, o Palmeiras concentra seus esforços na renovação do contrato de empréstimo do atacante Kléber, que expira no início de agosto. A diretoria alviverde já anunciou que as conversas com o Dínamo de Kiev, clube que detém os direitos federativos do atleta, começam na semana que vem.

Kléber chegou por empréstimo ao Verdão no início desta temporada pelo valor de R$600 mil, e se destacou na disputa do Paulistão. Para tentar segurar o atacante até o final do ano, o Palmeiras teria que desembolsar a mesma quantia novamente, mas o jogador, que já manifestou a vontade de continuar no clube, revelou o problema que está dificultando a negociação. "Além do Palmeiras pagar o valor, o Dínamo precisaria não me chamar de volta", afirmou.

Ciente da dificuldade, o gerente de futebol, Toninho Cecílio, disse que existe a possibilidade de compra, mas que ela está descartada. " O valor para compra é muito alto. Tentaremos com que o Dínamo use o bom senso de entender que o atleta quer permancer no Palmeiras, usando o argumento de que Kléber voltaria insatisfeito para a Ucrânia", finalizou.

<b>LEIA TAMBÉM:</b>
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=25106>Valdivia diz que gostaria de jogar no futebol espanhol</a>

Sem mais artigos