Com o fim do Brasileirão, chegou a hora de curtir uma praia e escolher outra coisa pra fazer, né Guerrero?!

Com o fim do Brasileirão, chegou a hora de curtir uma praia e escolher outra coisa pra fazer, né Guerrero?!

O Campeonato Brasileiro de 2014 chegou ao fim do último final de semana após quase nove meses de disputa, muita polêmica, uma chuva de memes e discussões sem fim em bares e escritórios. E, assim como aconteceu na Copa do Mundo, uma depressão pós-campeonato já começa a atingir seus primeiros alvos. Para evitar que esse sentimento vire uma ‘epidemia’ entre os fãs de esporte, principalmente do futebol, listamos algumas soluções emergenciais para que a abstinência de Brasileirão passe no mês de dezembro.

1 – Futebol europeu ainda está a todo vapor

Se nos Brasil o futebol pára em dezembro, na Europa a história é outra. Espanha, Alemanha, Itália, França, Inglaterra e as principais  ligas do velho continente seguem a todo vapor. Na Premier League, inclusive, temos o Boxing Day, que são jogos disputados um dia após o Natal. Sem contar que a última rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões também acontecerá em dezembro. Brasileirão? Alguém ainda lembra dele?

Neymar e Messi continuarão desfilando seu futebol pelo Espanhol e pela Liga dos Campeões

Neymar e Messi continuarão desfilando seu futebol pelo Espanhol e pela Liga dos Campeões

2 – Mundial de Clubes da Fifa

Além dos diversos jogos que serão disputados na Europa, o mês de dezembro ainda reserva ao torcedor a disputa do Mundial de Clubes da Fifa. Mesmo sem um representante brasileiro, vale a pena acompanhar a disputa entre os campeões continentais só pela presente do Real Madrid de Cristiano Ronaldo, não?!

Cristiano Ronaldo será a principal estrela do Mundial de Clubes da Fifa

Cristiano Ronaldo será a principal estrela do Mundial de Clubes da Fifa

3 – As três últimas semanas da temporada regular da NFL

Que tal trocar o futebol do Brasileirão pelo futebol americano da NFL? O mês de dezembro é o momento certo para acompanhar as equipes que se classificarão para os play-offs da principal liga esportiva dos Estados Unidos. As três últimas semanas da temporada regular acontecerão no último mês do ano e é uma das ótimas opções para substituir o Brasileirão.

Relaxa, galera. A NFL segue a todo vapor durante o mês de dezembro

Relaxa, galera. A NFL segue a todo vapor durante o mês de dezembro

4 – NBA sem pausa

A NBA é a única liga em atividade que terão jogos em todos os dia de dezembro, incluindo no Natal e na véspera do ano novo. Ou seja, qualquer dia que você estiver de bobeira e quiser ver o melhor basquete do mundo, é só assistir aos jogos de Kobe Bryant e cia.

O basquete da NBA e a ousadia e alegria de Kobe Bryant  (sem Thaiguinho) também seguem em dezembro

O basquete da NBA e a ousadia e alegria de Kobe Bryant (sem Thaiguinho) também seguem em dezembro

5 – Final da Copa Sul-Americana (sem brasileiros, é verdade)

River Plate, da Argentina, e Atlético Nacional, da Colômbia, disputam a grande final da Copa Sul-Americana, que este ano não teve um representante brasileiro na decisão. A ausência de um time do país, no entanto, não impede o fanático por futebol de assistir o segundo confronto entre as duas equipes, certo?

River Plate e Atlético Nacional fazem a grande final da Sul-Americana de 2014

River Plate e Atlético Nacional fazem a grande final da Sul-Americana de 2014

6 – Jogos da Superliga Masculina e Feminina de Vôlei

Quatro rodadas do primeiro turno da Superliga Masculina e Feminina de Vôlei serão disputadas em dezembro. Ou seja, o fã de esporte que estiver afim de acompanhar o melhor do vôlei, e ainda se encantar com a beleza das atletas, basta deixar o futebol um pouco de lado no último mês do ano e se ligar nas quadras brasileiras.

Ver Camila Brait em ação é  bem interessante, tanto pelo talento como pela beleza

Ver Camila Brait em ação é bem interessante, tanto pelo talento como pela beleza

7 – Etapa final do Mundial de Surfe com Medina

Por fim, mas não menos importante, temos a grande final do circuito WCT de Surfe com o brasileiro Gabriel Medina com chances de faturar o título inédito para o país. O decisão será em Pipeline Masters, no Havaí, quando o jovem terá pela frente ninguém menos que o australiano Mick Fanning, tricampeão do mundo. Apesar de menos popular, o surfe tem em Medina a grande chance que ganhar um espaço maio no Brasil. Sua torcida será fundamental. Já até esqueceu que o Brasileirão acabou, né?

Brasileiro Daniel Medina pode faturar  o inédito título do Mundial de Surfe

Brasileiro Daniel Medina pode faturar o inédito título do Mundial de Surfe

Sete dicas para não deixar o fanático por esporte em depressão com o fim do Brasileirão

Sem mais artigos