O ex-jogador brasileiro Sócrates, de 57 anos, foi internado nesta sexta-feira no Hospital Israelita Albert Einstein de São Paulo por causa de uma hemorragia digestiva, segundo o boletim médico.

Sem dar mais detalhes, o hospital indicou que a hemorragia foi causada por uma hipertensão.

Sócrates, que defendeu a seleção brasileira nas Copas do Mundo da Espanha de 1982 e do México de 1986, admitiu recentemente em entrevista ao jornal “Folha de S. Paulo” a possibilidade de assumir a direção técnica da seleção de futebol cubana, em uma decisão alinhada  com sua “ideologia socialista”.

Ídolo do Corinthians, Sócrates, que também é médico, liderou nos anos 1980 o movimento “Democracia corintiana”, no qual as decisões da equipe eram tomadas por votação e não pelo acostumado regime presidencial das equipes.

Sem mais artigos