<br>
A susposta orgia em que o jogador Cristiano Ronaldo participou já fez uma vítima: Tyese Cunningham, 18 anos, foi demitida de uma agência de acompanhantes, que teria ‘prestado serviço’ ao atleta luso.

Ela contou à imprensa portuguesa que viajou 95 quilômetros até a casa do craque de Portugal junto com mais quatro garotas; também teriam participado da ‘festinha’ o brasileiro Anderson e o português Nani, todos do Manchester United.

"Tyese não pertence mais ao nosso catálogo. Ele foi demitida por quebra de contrato", disse o porta-voz da empresa. Tyese ainda disse, em entrevista ao tablóide inglês <i>The Sun</i>, que se sentiu muito desrespeitada pelos jogadores e que por isso resolveu botar a boca no trambone.

<b>Veja também:</b>
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=20732>Cristiano Ronaldo e Anderson comemoram vitória com orgia!</a>

Sem mais artigos