<br>
O técnico Márcio Vicente Rodrigues anunciou, nesta quinta-feira, que não é mais o treinador da equipe sub-14 do Palmeiras. Daqui pra frente, Rodrigues ficará à frente, apenas, da equipe sub-15.

O treinador foi agredido pelo presidente da Mancha Verde, Paulo Serdan, que também é pai de um dos meninos treinados por Rodrigues no sub-14. Serdan o agrediu com socos e chutes durante partida contra o Santos, quando o técnico tirou seu filho da equipe.

"Eu tenho família, um filho pequeno, e estou temeroso. Não sou mais treinador do sub-14. Vou trabalhar somente no sub-15. Não tem mais clima para mim", afirmou.

Paulo Serdan também é sócio do Palmeiras. Por causa da confusão em que se meteu – mais uma no currículo dele – foi suspenso pela diretoria do clube, que prometeu apurar os fatos.

<b>Veja também:</b>
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=21392>De virada, Palmeiras bate o Náutico!</a>

Sem mais artigos