<br>
Depois de ter assinado um pré-contrato com o Palmeiras e, semanas depois, ter renovado com o Fluminense, o meia Thiago Neves finalmente disse onde quer ficar.

"Eu tenho uma paixão pelo Fluminense. Peço desculpas ao Palmeiras, que é um clube grande, mas é o Fluminense que eu gosto e é no Fluminense que eu quero ficar", afirmou ele, nesta sexta-feira.

Mas o Verdão não desistirá fácil do jogador. O diretor de futebol do clube, Gilberto Cipullo, negou a versão de que Neves teria assinado o pré-contrato sob pressão.

"Ele não foi forçado de forma nenhuma. O jogador assinou o pré-contrato por punho próprio. Já disse que tem vínculos afetivos com o Palmeiras e que o padastro dele é palmeirense", disse.

"A expectativa é que ele seja jogador do Palmeiras no próximo ano. Fizemos um pré-contrato. Entendemos que seguimos as regras que permitem fazer esse pré-contrato. Esperamos que o Palmeiras tenha o direito do jogador", completou.

O Flu espera resolver a questão sem que os clubes tenham de ir à Justiça. "Tentaremos esgotar as possibilidades de um acordo para evitar que isso vá para Justiça", disse Marcelo Renha, assessor da presidência do clube carioca.

<b>Saiba mais:</b>
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=21797>Fluminense: contrato de Neves com o Palmeiras não vale nada</a>

Sem mais artigos