<br> Paulo Serdan, um dos membros mais influentes da torcida do Palmeiras “Mancha Alviverde” é acusado pela diretoria do Palmeiras de agredir o técnico do time sub-14 do Verdão, Márcio Vicente. O motivo seria o fato de o treinador ter substituído o filho de Serdan, Kaique, em um jogo contra o Santos na Baixada Santista.

O filho de Serdan foi sacado ainda na primeira etapa. Durante o jogo, o torcedor já teria ameaçado o técnico. O Palmeiras perdeu por 3 a 0 e Paulo Serdan invadiu o gramado e agrediu o técnico com um soco no rosto e dois chutes nas costas.

Márcio Valente foi examinado em Santos e os médicos constataram fissura em duas costelas. Em seguida, ele foi liberado.

Segundo dirigentes das divisões de base do Verdão, Serdan sempre assiste aos jogos de seu filho. Anteriormente ele já fora preso por brigas com torcidas rivais e outras torcidas do Verdão. Sócio do Palmeiras, ele pode ser barrado do quadro de associados.

<b>Confira também:
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=21338>Thiago Neves deve deixar o Flu, diz empresário!</a>

Sem mais artigos