O treinador da seleção colombiana, Hernán Darío Gómez, apresentou nesta terça-feira (9) sua demissão, informou a federação colombiana através de um comunicado.

“Depois de uma profunda reflexão pessoal, buscando o maior benefício para o país, para a seleção colombiana, para a federação e para os patrocinadores, e assumindo as consequências de seus atos, Hernán Darío Gómez Jaramillo decidiu renunciar a seu cargo”, informou a nota.

A renúncia de Gómez acontece depois que o treinador reconheceu na segunda-feira que agrediu uma mulher no sábado passado.

“A Federação Colombiana quer reiterar e enfatizar que lamenta e rejeita qualquer ato de violência, exercida por funcionários, jogadores, ou treinadores”, acrescentou o comunicado.

Sem mais artigos