O Corinthians segue em busca de um reserva de peso para Ronaldo, que está em fim de carreira e não deve atuar por todo o tempo para a temporada 2011 do futebol, a última de sua vitoriosa carreira.

Após tentar – e não conseguir – Luís Fabiano, o “Plano B” (ou C, se considerarmos Adriano) seria o atacante francês David Trezeguet, que está no Hercules, da Espanha.

Roberto Carlos, que fez a sugestão, afirmou que o jogador “vem na hora” para o Brasil, basta um telefonema. “O futebol brasileiro está em um nível alto. Temos aqui o Conca, o Montillo, não só brasileiros. Dá para trazer jogadores que queiram conhecer o Brasil, porque existe um respeito ao nosso país, somos cinco vezes campeões do mundo. Temos uma estrutura que não tínhamos há dez anos. Hoje o Brasil é referência, e jogadores querem conhecer e viver aqui”, afirmou o lateral.

De fato, o jogador enfrenta problemas na Espanha, uma vez que o modestíssimo time deu, assim por dizer, um passo maior do que as próprias pernas e encontra-se em dificuldades para honrar seus compromissos. Prova disso, foi a recusa de Drenthe, que está emprestado ao clube pelo Real Madrid, em treinar por conta dos vencimentos atrasados.

Enquanto isso, o clube segue a investida por Luís Fabiano. Após o primeiro não (leia mais clicando aqui), o Corinthians deve aumentar a oferta pelo jogador, que tem vínculo com o Sevilla (35%) e com a GSI, fundo de investimentos capitaneado pelo iraniano Pini Zahavi (65%). Há um litígio entre as partes, o que pode facilitar a vida do Timão.

Trezeguet aparece como opção a Luis Fabiano no Corinthians

Sem mais artigos
Sair da versão mobile