<br> Os fenômenos naturais podem atrasar um pouco a Copa do Mundo de futebol feminino. O tufão Wipha, que ameaça atingir o país, fez a FIFA adiar o jogo entre Brasil e Dinamarca, inicialmente marcado para as nove da manhã desta quarta (19), para a quinta (20) no mesmo horário.

O motivo foi o remanejamento da partida entre Noruega e Gana, que deveria acontecer na quarta às seis da manhã, para quinta no mesmo horário. O jogo aconteceria em Xangai, mas como a cidade está ameaçada pelo tufão, ela foi transferida para a cidade de Hangzhou, mesmo local onde acontecerá, na seqüência, o jogo do Brasil.

A cidade de Hangzhou, onde se localiza a seleção brasileira, também está ameaçada. No entanto, o grande perigo está em Xangai, que deve receber o mais tufão das últimas décadas.

A previsão é de que o Wipha chegue a Xangai na madrugada de terça para quarta, provocando chuvas e vendavais de três dias.

As partidas marcadas para essa terça às nove da manhã entre Estados Unidos e Nigéria, em Xangai, e Coréia do Norte e Suécia, em Tianjin, estão confirmadas até o momento. Os outros jogos de quarta, entre Austrália e Canadá, em Chengdu, e China e Nova Zelândia, em Tianjin também permanecem inalterados.

<b>Leia também:
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=21069>Alemanha e Inglaterra avançam no Mundial feminino!</a>

Sem mais artigos