<br>
Após o término da quinta rodada da chave de grupos da Libertadores nessa quinta-feira, já se definiu quem precisa do quê para passar à próxima etapa da competição. O mineiro Cruzeiro e os cariocas Flamengo e Fluminense já estão classificados e jogam a sexta rodada para cumprir tabela, enquanto os paulistas Santos e São Paulo decidem seu destino em casa.

De todos os clubes brasileiros, o caso mais complicado é o do São Paulo, em 2º lugar com 8 pontos. Caso o Audax (3º colocado com 7) vença o lanterna do grupo, Sportivo Luqueño (4 pontos), o Tricolor necessita unicamente da vitória contra o líder Atlético Nacional (8 pontos), no Morumbi, para se classificar no Grupo 7. O confronto com o Nacional é considerado de vida ou morte para os são-paulinos, que se forem eliminados mais cedo do torneio, podem cair em uma crise.

Em um a situação menos pior, mas não confortável, está o Santos (2º colocado com 7 pontos) no Grupo 6. O time do técnico Émerson Leão joga em casa contra o Cúcuta, primeiro colocado com 11 pontos. O Peixe precisa, ou de uma vitória, ou que San Jose (4º lugar e 5 pontos) e Chivas (3º com 6) empatem, ou que o San Jose ganhe. Por isso, Leão deve ir com força total par ao jogo na vila Belmiro.

Já Cruzeiro, Flamengo e Fluminense estão classificados em seus respectivos grupos e jogam para cumprir tabela. O time da Toca da Raposa garantiu sua classificação semana passada, enquanto que o Rubro-negro e o Tricolor carimbaram seus passaportes para as oitavas-de-final nessa quarta-feira.

LEIA MAIS
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=24694>São Paulo perde para Audax e se complica na Libertadores

Sem mais artigos