O meia Valdívia do Palmeiras, está envolvido em mais uma polêmica envolvendo seu nome. Segundo o jornal carioca O Dia, o fotógrafo Grizar Júnior registrou Boletim de Ocorrência contra ele por conta do recebimento de supostas ameaças.

Segundo o B.O., Junior alega ter sido obrigado a deixar São Paulo por dois meses alegando temor pela própria segurança após ter fotografado o jogador em uma casa noturna beijando uma mulher que não era sua esposa no dia 4 de fevereiro deste ano.

Após ter percebido o flagra, Valdivia partiu para cima do fotógrafo e exigiu que as fotos fossem apagadas. Após a negativa, o chileno ainda tentou comprar as imagens tiradas, para evitar que viessem a público. Nova negativa. Depois disso, teria dito a Junior que não faria nada contra ele, mas “tinha quem fizesse”.

O jogador não se pronunciou sobre o caso.

Valdívia ameaça fotógrafo após foto comprometedora

Sem mais artigos