<br>
O novo julgamento de Valdivia, marcado para esta quinta-feira na sede do STJD, no Rio, poderá deixar o meia livre para enfrentar o Atlético-MG, no próximo domingo. Uma vitória do Verdão nesta partida classifica a equipe para a Copa Libertadores do ano que vem.

Valdivia foi suspenso por 5 jogos depois de agredir jogadores do Vasco, e já cumpriu três. Espera, agora, que seja absolvido e que possa ajudar o clube em seu momento mais importante neste ano. "Tudo o que mais quero nessa vida é estar em campo contra o Atlético-MG", admite o jogador.

"Vai ser algo muito especial se isso acontecer, ainda mais com o time dependendo apenas de si para chegar à Libertadores", afirma o chileno. "No primeiro julgamento, eu não escondi o meu arrependimento. Mas meu caso foi diferente de todos os outros, pois não tive a intenção de agredir ninguém. Fiquei abalado e triste com tudo o que aconteceu", revela.

O Palmeiras soma 58 pontos no Brasileirão e está em quarto lugar. Seus dois concorrentes, Grêmio e Cruzeiro, tem um ponto a menos e só podem ir à Libertadores caso vençam e o Verdão tropece. Com Valdivia em campo e o Parque Antarctica cheio no domingo – os ingressos estão esgotados – , a situação dos gremistas e cruzeirenses fica mais complicada.

<b>Saiba mais:</b>
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/gatorade_esporte/nota.php?ID=22247>Palmeirense acha que Flamengo foi ajudado</a>

Sem mais artigos