<br> A 31ª rodada do Campeonato Brasileiro foi ofuscada pelo estréia do Brasil nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2010. Mesmo assim, apresentou bons jogos e um grande número de empates. Destaque para Santos e Palmeiras que ficaram no 1 a 1 na Vila Belmiro, para o líder São Paulo, que mais uma vez não venceu, mas ao menos conseguiu um empate, e para o Corinthians, que segue na zona de risco.

<b>COM A BOLA TODA</b>

<b>Caio, do Palmeiras</b>: O jogador tem se tornado o destaque da equipe nas últimas partidas, sempre marcando gols. Dessa vez, sábado (13), contra o Santos na Vila Belmiro, ele fez um belo gol olímpico que ajudou o Verdão a arrancar um empate fora de casa. Caio já é o artilheiro do Palmeiras no Brasileirão com oito gols.

<b>Acosta, do Náutico</b>: O uruguaio mostrou na sexta (12) porque é o jogador mais importante do Timbu. Jogando no Mineirão, o Náutico perdia por 2 a 0, até Acosta fazer dois belos gols (o primeiro, inclusive, tirando toda a defesa do Cruzeiro e tocando lindamente para o fundo do gol) e empatar a partida. Para completar, mas de forma negativa, ele acabou expulso de campo após receber o segundo cartão amarelo. Com os gols, Acosta chegou a 17 no campeonato e já é vice-artilheiro do torneio, com uma a menos do que Josiel.

<b>Vasco</b>: No clássico contra o Botafogo no domingo (14), quem perdesse se complicaria muito na competição. Com cerca de 18 mil pessoas no Maracanã, o Vasco, com um jogador a menor (Amaral fora expulso) conseguiu um gol que decretou a vitória por 2 a 1 sobre o rival. Enílton ainda seria expulso deixando o time cruzmaltino com dois jogadores a menos, mas nem isso tirou os pontos do clube.

<b>Bruno, do Flamengo</b>: O goleiro do Fla pegou um pênalti do artilheiro Josiel quando a partida estava 0 a 0 contra o Paraná. Isso ajudou o Flamengo a se recuperar e a fazer 1 a 0, fora de casa, fugindo da zona da degola de vez.

<b>Festa no Pacaembu</b>: Mesmo vivendo um momento de crise intensa, o Timão não esquece dos heróis do passado. No sábado (13), o Pacaembu estava lotado para, antes da partida contra o Internacional, comemorar os 30 anos da conquista do Paulistão de 1977, quando o time saiu da fila após 23 anos sem ganhar nada.

<b>BOLA OVALADA</b>

<b>Arbitros mineiros</b>: Ricardo Marques Ribeiro e Alício Pena Júnior tiveram atuações medonhas nas partidas que comandaram. O primeiro esteve perdido no jogo entre Fluminense e São Paulo no sábado (13). Invertendo muitas faltas, inventando um pênalti para o Flu e não marcando outro para o Tricolor paulista, ele foi digno de nota zero. Já Alício, inventou um pênalti para o Flamengo e expulsou exageradamente o Adriano do Paraná, na partida deste sábado (13) em Curitiba.

<b>Corinthians</b>: Um time que luta contra o rebaixamento não pode se dar ao luxo de empatar em casa contra um rival direto na fuga da degola.

<b>Cruzeiro</b>: O time mineiros está fazendo um esforço incrível para entregar a taça ao São Paulo o mais rápido possível. Se o Tricolor não vence há três jogos no campeonato, o Cruzeiro também não consegue triunfar há quatro. Medonho.

<b>América-RN e Paraná</b>: O primeiro assegurou de vez o rebaixamento à série B em 2008 ao perder em casa de 1 a 0 para o Atlético-MG. Já o segundo está se esforçando para trilhar o mesmo caminho. O time teve chance de vencer o Flamengo em casa. No entanto, o artilheiro Josiel perdeu o pênalti e viu o Mengão abrir 1 a 0. Aí não dá.

<b>Botafogo</b>: Mais uma derrota no fim. Precisa explicar?

<b>Gostosa da rodada</b>: A bandeirinha Katiuscia Mayer Berger Mendonça, do Espírito Santo, atuou pela série B, mas merece destaque. A bela assistente foi atropelada por jogadores do Coritiba na comemoração do gol na vitória de 1 a 0 sobre o Criciúma no sábado (13). Muito torcedor gostaria de estar comemorando junto!

<b>Veja também:
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=21587>Vasco vence o clássico dos ‘decadentes’!</a>

Sem mais artigos