A novela Kaká no São Paulo chegou ao fim neste domingo (29). Pelo menos é o que garante o vice-presidente de futebol tricolor, Ataíde Gil Guerreiro. Em uma entrevista ao programa Redação SporTV, o dirigente revelou que jogador se desvinculará do Milan, da Itália, nos próximos dias para se transferir para o Orlando City, do futebol norte-americano. Como a temporada nos Estados Unidos só começa em 2015, o meia assinará o contrato de empréstimo com o time do Morumbi até 31 de dezembro.

“Depois de 60 dias de negociação, nós estamos acertados, mas não existe nada formalizado (em termos de contrato). Existem etapas a serem corridas, mas, em termos de valores, está tudo acertado, entre todas as partes envolvidas, que são o Milan, a Liga Americana, o Orlando, o Kaká e o São Paulo”, disse.

O dirigente ainda explicou que Kaká deixará o Milan na segunda-feira (30), pois possui uma cláusula contratual com a equipe italiana que lhe permite sair do clube sem custos caso o time não se classificasse para a Liga dos Campeões da Europa, e foi o que aconteceu.

“Ele assinará com a liga (norte-americana), pois lá quem contrata é a liga. Os clubes podem escolher três jogadores, e o Orlando escolheu o Kaká. Ele fará exames médicos, depois passará ao Orlando, que fará um contrato com o São Paulo de empréstimo por seis meses até 31 de dezembro”.

Eleito o melhor jogador do mundo pela Fifa em 2007, Kaká está em plena forma física, é o que garante Ataíde. “Kaká não só está empolgado como está na plenitude da sua forma física. O problema no Real Madrid foi de discussões e posicionamento em relação ao técnico. Como o Milan não está bem de elenco, ele colocou essa cláusula de saída. Ele vem para o São Paulo com todo o ânimo possível”.

Após mais de dez dias de preparação nos Estados Unidos, o São Paulo, que já está no Brasil, volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no dia 16 de julho, contra o Bahia, na Fonte Nova.

Sem mais artigos