Após a partida desse sábado (23), em que o Parma venceu fora de casa o Napoli pelo Campeonato Italiano, o homem do gol do jogo, o bad boy Antonio Cassano, disse que pensa ainda em estar no grupo italiano que vem à Copa do Mundo no ano que vem. Porém, caso não seja convocado, virá para o país de qualquer forma.

“Eu sempre penso nisso (Copa do Mundo). Eu disse que vou para a Copa do Mundo. Se não for para jogar, vou levar os meus filhos e a minha esposa para passar férias. Não sei, isso depende do Prandelli”, disse o atacante de 31 anos sobre a opção do técncio da seleção da Itália.

Dizendo ser a “cobertura de um bolo perfeito”, ressaltou a atuação de seu time em campo e se considera em boa fase, merecedor de uma vaga na Azzurra.

“Foi uma noite perfeita. A equipe jogou bem e conseguiu pontos que faltaram nos utros jogos, apesar de merecermos. Todos são importantes. Eu marquei, mas o time ajudou”, explicou.

Cassano não tem feito parte dos comandados por Cesare Prandelli, sendo que não foi convocado para a Copa das Confederações, sendo preterido por Mario Balotelli (Milan), Stephan El Shaarawy (Milan), Alberto Gilardino (Bologna), Sebastian Giovinco (Juventus) na ocasião.

Ainda assim, o técnico do Parma, Roberto Donadoni, falou à emissora italiana Sky Sports que seu atacante é merecedor de vestir a camisa dos tetracampeões mundiais.

“Merece ser chamado. É impossível não reparar no que ele está a fazer no Parma. É um jogador que pode fazer a diferença”, defendeu.

Sem mais artigos