Depois de ficar apenas com a antepenúltima do Bridgestone Invitational neste sábado, o golfista americano Tiger Woods conseguirá manter o topo do ranking mundial graças ao desempenho ruim de seu compatriota Phil Mickelson na mesma competição, encerrada hoje.

Atual número dois do mundo, Mickelson precisava da quarta colocação do torneio para ser o líder do ranking, mas ficou apenas em 46º.

Woods, que no fim do ano passado se viu no centro de um escândalo sexual, chegou à liderança mundial com 21 anos e em sua primeira campanha como profissional, em junho de 1997, se tornando o mais jovem a assumir o posto. Desde então, cedeu o trono três vezes, uma em setembro de 1997 e duas em 1999.

Woods fracassa, mas manterá topo do ranking por conta de erros do vice-líder

Sem mais artigos